PNSB do IBGE ilustra o vexame do saneamento no Brasil

Updated: Aug 19

A pesquisa Nacional do Saneamento Básico (PNSB) divulgada pelo IBGE ilustra os enormes desafios do setor no Brasil.


Dados comparados entre 1989 e 2017 mostram que houve uma expansão ainda insuficiente dos serviços com níveis vexatórios de atendimento.


Lembrar que a pesquisa do IBGE capta dados de domicílios e o SNIS do Ministério de Desenvolvimento Regional usa informações das empresas e autarquias de água e esgoto.


O Número de municípios com abastecimento por água 99,6% em 2017, já a rede de esgoto chega a 60,3%.


As diferenças regionais são abismais.


Fonte: PNSB 2017

39,7% não tem coleta de esgoto.


40% de água é perdida na entrada do sistema de distribuição até a chegada ao usuário.


9,6 milhões de domicílios ainda não têm abastecimento de água por rede.


Interrupção do fornecimento de água por mais de 6 horas: 44,5% e o racionamento em 20,8%.


88,3% dos municípios possuem estações ou unidades de tratamento de esgoto.


5,5% do volume de água distribuído não recebe tratamento, 75,1% recebe tratamento convencional, 20% apenas desinfecção simples, e 4,2 não contém alguma etapa do tratamento.




22 views
Receba nossos conteúdos!
  • Twitter - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle