Projeções para economia brasileira continuam despencando...

Updated: Aug 19




O boletim Focus com as projeções do mercado para a economia brasileira, indica, pela primeira vez, uma queda superior a 4% do PIB para 2020. A expectativa para 2020 caiu pela 13ª semana seguida passando de uma queda de 3,76% para - 4,11%.


A paralisação da economia e avanço do coronavírus indicam que as projeções ainda podem piorar. A expectativa de crescimento para 2021 continua em 3,2%. Há projeções ainda mais pessimistas, como a da Societé Generale, de -7,3%; a do banco JP Morgan, de -7%.


Caso a projeção da pesquisa Focus se confirme, o PIB da economia brasileira em 2021 estará cerca de 1% abaixo do registrado em 2019. A volta ao patamar pré-crise ocorreria apenas em 2022. No final da gestão Bolsonaro, em 2022, (ou da primeiro mandato), o PIB estaria 1,4% acima do pré-crise, sempre de acordo com a pesquisa Focus.


O cenário deflacionário e de queda do juros fez com que a projeção tanto do IPCA quanto da taxa Selic também fossem reduzidas. A projeção de inflação passou de 1,96% para 1,75% enquanto que a taxa Selic para o fim do ano passou de 2,75% para 2,5%.


Ou seja, ainda haveria espaço de meio ponto percentual de queda da Selic que agora está em 3%.


A recessão em 2020 é inevitável frente à crise do coronavírus. Em um momento como este é preciso que todas as categorias deem sua cota de sacrifícios. Nisto reside a importância do veto presidencial ao aumento de salário dos servidores aprovado irresponsavelmente pelo Congresso.


Esta é a expectativa do anúncio que Bolsonaro deve fazer hoje ao sancionar o projeto de ajuda a Estados e Municípios, o PLP 39/2020.

Receba nossos conteúdos!
  • Twitter - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle