Economia vai bem, mas preço salgado da carne preocupa...

Updated: Aug 19




Há dois assuntos principais nas rodas de conversa sobre a economia neste final de ano: o otimismo e esperança com o crescimento do PIB e a aceleração da inflação com o choque no preço da carne.


O Boletim Focus apontou que os analistas esperam mais crescimento, tanto para 2019 quanto para 2020. Para este ano, a expectativa de crescimento subiu de 1,1% para 1,12%; e, para 2020, de 2,24% para 2,25%. São revisões pequenas, mas que mostram como as opiniões estão com claro viés de alta.


O preço da carne preocupa. De acordo com o IPC-S, divulgado pela FGV, que mediu a inflação entre o dia 16 novembro e 15 de dezembro, o preço das carnes bovinas subiu 15,92%. Em particular, a alcatra subiu 19,22% e o contrafilé 20,58% no mesmo período.


Para 2019 é esperado que a inflação fique em 3,86%, ainda abaixo do centro da meta de 4,25%, mas já próximo dos 4%. A expectativa medida pelo Boletim Focus cresceu 0,4 p.p em duas semanas.


O preço da carne está nas alturas por causa da gripe suína africana que está assolando a China. Ao ver a oferta de carne suína diminuir, os chineses estão migrando para a carne bovina.


A China é o maior mercado consumidor do planeta e o problema em seu rebanho de suínos está fazendo o preço das proteínas subir no mundo todo. A questão central é saber qual a duração deste choque.


Aliado ao preço do dólar, isso vai influenciar o que o Copom deve fazer com a taxa de juros. Este é o ponto central a ser sinalizado nesta semana tanto na ata do Copom quanto no Relatório de Inflação a ser divulgado na quinta.

Receba nossos conteúdos!
  • Twitter - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle